Você conhece os benefícios da semente de chia?

A primeira vez que ouvi falar dessa semente foi no trabalho, num assunto descontraído sobre alimentos saudáveis na hora do almoço. Então resolvi procurar mais informações sobre ela, comprei, experimentei e virou parte do meu café da manhã.

Agora que já está testada e aprovada, vim compartilhar algumas informações interessantes e úteis com vocês.

A semente de chia é originária da planta do deserto Salvia Hispânica, do Sul do México. Deve ser por isso que ela é meio cara aqui no Brasil. O preço do kilo gira em torno de R$ 60,00. Mas vale à pena, pois a recomendação diária é de 25 gramas!

Isso dá menos de R$ 2,00 por dia para se ter tantos nutrientes e benefícios à saúde numa simples colher de sobremesa. Ou seja, o custo X benefício está super favorável para esse investimento!! 🙂

Dizem que a chia é uma semente que foi muito consumida por civilizações antigas, principalmente por quem precisava de força e resistência física.
Há sementes cinzentas, castanhas, pretas e brancas. Até hoje eu só vi para vender a semente de chia preta, então é a que eu compro.
 
A semente de chia é a fonte vegetal conhecida mais rica em Ômega 3. A porção da semente tem 400% (!) da nossa necessidade diária desse componente.

 

O ômega 3 afasta as doenças cardiovasculares, reduz a formação de coágulos sanguíneos e arritmias, diminui o colesterol ruim circulante no sangue e também aumenta a sensibilidade à insulina. Além disso, o ômega 3 evita o aumento da pressão arterial, fortalece o sistema neurológico, evita a depressão e aumenta a absorção de nutrientes.Um benefício excelente principalmente para os intolerantes à lactose é que a porção de semente de chia tem cerca de 20% das nossas necessidades diárias de cálcio. 20% é uma quantidade bem considerável e contribui bastante para que a pessoa que tem essa restrição consiga atingir as necessidades diárias desse importante nutriente sem precisar consumir leite e derivados.

 

A chia também é uma boa fonte de proteínas para a reconstrução muscular. A porção da semente carrega 4g de proteína em sua composição. Ajuda na manutenção de massa muscular, fornece mais energia para as células nervosas e ainda complementa as necessidades proteicas – 4g equivale a 8.6% das nossas necessidades diárias de proteína.
Para os olhos, a vitamina A. Cerca de 20% das nossas necessidades dessa vitamina são supridas integrando a chia na alimentação. A vitamina A melhora nosso sistema imunológico e protege a pele e os olhos contra o processo de envelhecimento.Ainda na linha de anti-idade, que é uma coisa que as pessoas tem cuidado e investido bastante, essa poderosa sementinha possui antioxidantes que ajudam a neutralizar os radicais livres, combatendo o envelhecimento celular e prevenindo nosso organismo contra diversas doenças.Continuando o alfabeto das vitaminas, a semente de chia também possui em sua composição vitaminas do complexo B. Elas são fundamentais para o pleno funcionamento do nosso sistema nervoso, além de auxiliar no metabolismo das nossas células, fazendo com que nosso organismo todo funcione melhor. A porção da semente possui 30,5% das nossas necessidades diárias de cobre e 67,8% das nossas necessidades diárias de ferro.

O magnésio, que é essencial para o pleno funcionamento do nosso cérebro e ligações cognitivas, também está muito presente na semente. Em comparação com o brócolis, a semente de chia tem 15 vezes mais magnésio.

A semente chia está bem cotada também devido à quantidade de fibras que ajudam a regular o intestino e retardam a sensação de fome. Essas fibras ainda retêm parte da gordura presente nos alimentos, o que faz com que eliminemos a gordura em maior quantidade do que o habitual.

A gordura é resultado de um processo de inflamação no organismo. O corpo deixa de enviar a mensagem de saciedade para o cérebro e então perde-se o controle da fome. Passa-se a comer muito mais sem se sentir satisfeito. Devido aos seus nutrientes, a semente de chia ajuda o organismo a recuperar o controle sobre o apetite e para completar, é desintoxicante.

Cheia de zinco, nutriente esse que melhora nossa imunidade, paladar, olfato e visão. Também promove a liberação do hormônio do crescimento e ajuda na formação de colágeno. Na porção recomendada de chia você encontra em torno de 12% das necessidades diárias.

O sucesso da chia vem também da ajuda para entrar em forma. A chia colabora na redução do colesterol ruim e triglicerídeos, controla a glicemia, garantindo energia ao longo do dia e por absorver até dez vezes o seu peso em água, mantêm o nosso corpo hidratado.
A porção da semente de chia é rica em manganês, tem mais de 60% das necessidades diárias desse nutriente que estimula o crescimento dos ossos e do tecido conjuntivo.

As sementes podem ser adicionadas a cereais, iogurtes, vitaminas, saladas e pratos em geral, além de poder enriquecer massas de tortas, bolos e pães.

 

Eu já experimentei adicionar na água, no iogurte, na banana amassada, na salada e por cima do arroz e feijão. A única forma que eu não gostei e não repeti mais foi adicionar na água. Ela incha e fica muito ruim de tomar, ao passo que na comida quase não dá pra perceber que ela está lá. rsrsrs. Bom, mas vai de cada um. Vale experimentar e se você se sentir bem tomando com líquidos, vai fundo! 🙂

 

Por último, mas não menos importante, quero ressaltar que a chia é um tanto calórica. São 164 calorias por porção da semente, então o segredo é não exagerar. Mantenha na dieta somente a porção diária recomendada que é 25 gramas ou 1 colher de sobremesa.
Cuidar da saúde é sempre bom e só faz bem! Depende de nós!
Um beijo e até a próxima!!
Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s