Porridge

Olá Pessoal!! Tudo bem??

Parece que uma frente fria invadiu a região por aqui ontem e está persistindo… até antes de ontem estava um clima fresco no dia a dia, um solzinho na hora do almoço, mas ontem e hoje saí de bota, super agasalhada e guarda-chuva por causa de uma garoa fina e gelada.

Já que o friozão veio, vamos atrás de comidinhas que nos aqueçam e alegrem o coração 🙂 hehe

Já ouviram falar de “Porridge”?? (Lê-se “póridge”) 🙂 É parecido com uma papinha ou mingau e é muito consumido na Inglaterra como café da manhã. É típico de lá, que é uma região bem fria; essa comidinha sustenta bastante, aquece e é gostosa! Apesar de ser mais comum consumir esse alimento no café da manhã, em casa nós fazemos normalmente à noite quando está frio.

Vai rolar um Porridge feito carinhosamente pelo esposinho daqui a pouco. Como não dá para oferecer por aqui, compartilho a receita para que vocês possam experimentar e se alegrar também 😀 Olha só como é fácil:

Ingredientes:

  • 250 ml de leite integral
  • 2 colheres de sopa de aveia de flocos
  • mel a gosto
  • 1 banana cortada em rodelas
  • muito carinho para o preparo

Modo de preparo:

  1. Numa tigelinha que possa ir ao microondas, coloque todo o leite e a aveia e misture com uma colher.
  2. Acrescente um pouco de mel e leve ao microondas em potência alta por aproximadamente 2 minutos (o tempo varia de um aparelho de microondas para outro). Fique atento ao tempo, pois assim que o leite ferver, o microondas deve ser desligado (senão o leite vai derramar).
  3. Após tirar a tigelinha do microondas, mexa novamente e distribua as bananas em rodelas por cima.
  4. Ajuste o sabor com mais um pouco de mel se necessário.

Aproveite mucho! 😀

wpid-cymera_20150722_173335.jpg

E já que estamos falando de um costume e uma comida britânicas, vejam que legal esse experimento que fizeram em Londres. Vi no blog Nômades Digitais, que curto super! E achei tão legal que não resisti e trouxe pra cá também.

Montaram situações cotidianas com atores para ver qual seria o comportamento das pessoas perante a uma necessidade ou pedido indireto de ajuda e quando alguém parava para ajudar a situação virava uma festa para agradecer a pessoa e mostrar o bom exemplo aos que estavam ao redor. Vejam que legal:

Super legal, né?! Às vezes a gente fica com uns paradigmas que não refletem a realidade e a gente mesmo perde com isso. A informação se espalha de uma forma que as pessoas passam a acreditar que aquilo é verdadeiro e geral, como nesse exemplo, que os britânicos são frios. Eu sinceramente acho que a cultura contribui sim para caracterizar um pouco o perfil das pessoas, mas não dá para generalizar. Em todas as culturas existem pessoas super simpáticas, calorosas e amigas, como existem as pessoas frias, não tão simpáticas e com menos sentimentos pelo próximo.

A lição final desse experimento é que muitas vezes podemos estar completamente enganados em relação à atitude de uma pessoa, uma cultura ou um povo. Dar menos abertura não significa necessariamente ser menos gentil. É mais legal a gente abrir a mente e conhecer a cultura do que ficar com um “pré-conceito” das pessoas que pertencem àquela cultura.

Eu sou FÃ desse tipo de experiência tipo pegadinha, mas que é para uma coisa do bem!! Amei a produção, o vídeo, o post no Nômades Digitais e espero muito que tenham gostado também!

Um beijo e até logo!

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s