Dicas e utilidades

Índice glicêmico

O índice glicêmico (IG) vai de 0 a 100 e indica o nível de variação de açúcar no sangue ao consumir tal carboidrato. Quanto maior o número, maior o pico de açúcar no sangue, maior a necessidade de insulina e menos tempo a pessoa se sente saciada. Quanto menor o número, menor o pico de açúcar no sangue, menor a necessidade de insulina e mais tempo a pessoa se sente saciada.

Carboidratos complexos = IG menor que 55

Carboidratos simples (em geral refinados) = IG maior que 55

Carboidratos de BAIXO IG ajudam na longevidade, reduzindo o risco de desenvolver diabetes tipo 2 e também reduzindo os riscos de doenças cardíacas. Além disso, é um dos fatores chave para perder e manter o peso adequado por um longo período, sem aquelas ocorrências de efeito sanfona. Estudos científicos mostram também que dietas com alimentos de baixo IG podem reduzir significativamente os níveis de colesterol total e colesterol LDL, independentemente da perda de peso.

O IG de um alimento é medido à partir de uma amostragem de 10 pessoas saudáveis que ingerem uma porção de 50g daquele carboidrato e o nível de açúcar no sangue de cada uma delas é medido durante 2 horas após a ingestão do alimento. Num outro momento essas mesmas 10 pessoas saudáveis ingerem 50g do açúcar glucose, que é o alimento referência do IG e novamente o nível de açúcar no sangue de cada uma delas é registrado durante 2 horas após a ingestão do alimento. Por último divide-se os dados registrados de cada pessoa do alimento que está sendo avaliado pelos dados da ingestão do açúcar referência. O valor final é a média dos valores dessas 10 pessoas.

Todos os alimentos que não contém carboidratos como carne, peixe, ovos, abacate e a maioria dos vegetais não tem um IG associado.

Os carboidratos bons (baixo IG) são essenciais ao nosso organismo! São eles que nos fornecem energia e ajudam a nos manter saudáveis. O ponto é saber escolher quais são os carbos mais adequados e adicionar/substituir na alimentação, sempre buscando reduzir e eliminar os carboidratos de alto IG do dia a dia.

Na Austrália eles tem um programa desde 2002 que ajuda os consumidores a identificar facilmente o IG dos alimentos. É um símbolo na embalagem que mostra que o IG daquele alimento foi testado em laboratório credenciado com base nos padrões internacionais. Legal, né?!

Seguindo a linha do equilíbrio, nós consumimos doces, chocolate, carboidratos de alto IG e definitivamente qualquer tipo de alimento. Nós somos do tipo “o que tiver na mesa a gente come”, vamos na casa de amigos e familiares e sempre comemos de tudo sem mimimi, saimos para comer fora e não ficamos só na salada, vamos viajar e gostamos de experimentar de tudo. E amamos isso! Sempre serei grata aos meus pais por terem me ensinado a comer de tudo sem frescuras e espero poder passar a mesma lição aos meus filhos. O fato é que sempre que consumimos os carbos de alto IG é um extra, é às vezes, em algumas ocasiões, pois 80% das vezes estamos atentos com o que consumimos e dentro do que consideramos saudável. E hoje em dia não é nenhuma dificuldade manter a linha, preparamos em casa refeições super saborosas e super nutritivas. É o estilo que adotamos pra gente. Cada um precisa desenvolver uma forma de cuidar da saúde e se alimentar de verdade. Dizem que o melhor remédio é o alimento e eu acho que é super verdade! Quem concorda?

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s